Um gerente de propriedades na costa atlântica da França estende a alta temporada com o Airbnb

Escrito por Airbnb

Foto instantânea

  • Imóveis sob gestão: 120
  • Primeiro anúncio no Airbnb: 2018
  • Resultado-chave: dobrou as reservas durante as temporadas intermediárias
  • Outros resultados: o Airbnb agora representa 25% de todas as reservas

 

O turismo chegou tarde a Vieux-Boucau-les-Bains. Até a década de 1980, a pacata cidade de 1.500 habitantes na costa sudoeste da França permaneceu desconhecida, mesmo com cidades costeiras próximas repletas de turistas durante o verão. Mas agora cerca de 20.000 viajantes lotam Vieux-Boucau todos os anos nos meses de pico, de julho e agosto.

 

Aupa Immobilier, uma agência imobiliária e de gestão de propriedades, aproveitou o boom do turismo de Vieux-Boucau nos últimos oito anos, construindo um negócio próspero que inclui a gestão de cerca de 120 apartamentos e casas alugadas. Julho e agosto estão sempre perto da ocupação total, com os hóspedes vindo de uma mistura de sites de reservas globais e serviços de aluguel de férias específicos da França.

 

Mas, à medida que a equipe da agência conversou com os hóspedes nos últimos anos, ficou evidente uma mudança no mercado. “Cada vez mais pessoas começam a planejar suas férias acessando primeiro o Airbnb”, diz Marie Picherit, que supervisionou os aluguéis da Aupa nos últimos cinco anos. “Ele se tornou o principal site para reservar acomodações de férias. Tivemos que experimentar.”

“Cada vez mais pessoas começam a planejar suas férias acessando primeiro o Airbnb”, diz Marie Picherit, que supervisionou os aluguéis da Aupa nos últimos cinco anos. “Ele se tornou o principal site para reservar acomodações de férias. Tivemos que experimentar.”

Marie Picherit, Aupa

A partir do início de 2018, a Aupa começou a anunciar suas propriedades no Airbnb. O impacto foi imediato. Durante a alta temporada de julho e agosto, a ocupação, que já era alta, aumentou. Mas o que surpreendeu – e deleitou – a Aupa foi o que aconteceu em outras épocas do ano.

 

Ano passado, o Airbnb trouxe um fluxo constante de hóspedes fora da época de veraneio. Em particular, as reservas em maio e junho, e em setembro e outubro, mais do que duplicaram, aparentemente de um dia para o outro. “Estar no Airbnb nos permitiu expandir nossa temporada”, afirma Marie. “Os proprietários ficaram satisfeitos, é claro.”

 

Não é difícil ver por que um número crescente de turistas se apaixonaram por Vieux-Boucau. A cidade fica no extremo sul de um trecho de praias de areia imaculada. Isso torna Vieux-Boucau popular entre todos, de surfistas ansiosos para pegar as ondas do Atlântico a famílias com crianças pequenas, atraídas pelas águas mais calmas de uma lagoa próxima. A maioria fica entre uma e duas semanas, com uma média de estadia de 11 dias.

 

A transição para o Airbnb, que agora representa aproximadamente uma em cada quatro reservas da Aupa, foi tranquila. Embora alguns hóspedes tenham ficado surpreendidos com o fato de as suas reservas do Airbnb terem sido gerenciadas por uma agência e não por um proprietário, Marie e os seus colegas trabalharam para garantir que as expectativas de hospitalidade deles fossem satisfeitas.

 

Depois de receber uma reserva, a equipe da Aupa envia uma mensagem aos hóspedes para se apresentar, comenta Marie. “É uma maneira de verem que somos profissionais e que estamos sempre disponíveis se surgirem problemas. E nós sempre explicamos que daremos a eles as mesmas boas-vindas calorosas que um proprietário daria.”

 

E, à medida que mais e mais agências de gerenciamento de propriedades se mudam para o Airbnb, as perguntas dos hóspedes estão se tornando menos frequentes.

Do ponto de vista logístico, a mudança para o Airbnb também foi indolor para a Aupa. A agência já gerenciou seus anúncios e hóspedes com uma plataforma popular de software francesa, que oferece conexões com vários sites de reservas, incluindo o Airbnb.

 

“Foi muito fácil colocar nossos aluguéis no Airbnb”, diz Marie.

 

A Aupa agora está trabalhando para atrair mais proprietários, e o sucesso com o Airbnb certamente trará mais conquistas. As reservas para a temporada 2019 já começaram e o nível de interesse já correspondeu ao do ano passado. “Esperamos que seja ainda melhor”, afirma Marie. “Estamos bastante otimistas.”